Colesterol e triglicérides

 

O que são?

São partículas que carregam as gorduras em nosso sangue. Os seus níveis, se elevados, podem predispor a doenças cardiovasculares como infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral.

As seguintes partículas estão presentes em nosso sangue:

LDL

Popularmente chamado ‘colesterol ruim’, pois seu aumento pode significar elevado risco de aterosclerose (depósito de gordura formando placas nas paredes das artérias). Estas placas podem se tornar volumosas de forma que obstruam parcial ou totalmente a luz dos vasos. Quando há obstrução o sangue não passa e o órgão (que pode ser o coração, o cérebro ou um dos membros) tem a chamada isquemia ( falta de oxigenação carreada pelo sangue) e pode sofrer necrose ( morte tecidual). Outra possibilidade é a ruptura da placa com liberação de seu conteúdo lipídico ( gorduroso) na corrente sanguínea com acúmulo de plaquetas, substâncias inflamatórias e trombóticas na placa de forma que a luz do vaso também é obstruída.

Dessa forma, o LDL colesterol deve ser mantido em baixo valores, para que esse risco seja diminuído.

Seus valores de referência são: <160 mg/dl para pessoas que não têm fatores de risco; < 130 mg/dl para pessoas que têm dois ou mais fatores de risco cardiovascular ( hipertensão arterial sistêmica, presença de doença cardiovascular em familiar jovem ( mulher < 65 anos e homem < 55 anos), HDL baixo ( <50 em mulheres e < 40 em homens), tabagismo); < 100 mg/dl para diabéticos; <70 mg/dl para pessoas  vítimas de doença coronariana ( infarto do miocário), acidente vascular cerebral ou insuficiência arterial periférica.

 

HDL

 Popularmente chamado ‘colesterol bom’ pois ele protege os vasos da deposição de placas, retirando a gordura ali depositada. Para que seus níveis sangüíneos fiquem mais altos, é importante o consumo de alimentos ricos em ômega 3 como peixes e a prática de atividade física regular.

Seus valores de referência são: >50 mg/dl para mulheres e > 40 mg/dl para homens.

 

Triglicérides

 Lipoproteína carreadora de ácido graxos, ou seja, gordura, estando muito relacionada à obesidade, resistência à insulina e síndrome metabólica.

Seu valor de referência é: < 150 mg/dl.

O colesterol total contém todas as partículas, portanto, não é um bom parâmetro para se avaliar o perfil lipídico de uma pessoa.

 

Tratamento

Dieta equilibrada, livre de alimentos ricos em gorduras e colesterol, atividade física e em alguns casos uso de medicações.

 

Mais sobre saúde

Comentários encerrados.