Bactérias intestinais e ganho de peso

Há alguns anos a ciência vem pesquisando e algo peculiar foi descoberto: As bactérias do intestino de obesos são diferentes das de magros.

As bactérias ‘más’, ao que tudo indica, levam ao ganho de peso por:
– Aumentar a extração de nutrientes dos alimentos
– Alterar o perfil hormonal local no intestino
– Promover uma inflamação corporal devido ao acesso à corrente sanguínea de parte da parede destas bactérias. Assim, elas aumentam a resistência à insulina de forma a levar ao pré diabetes, aumentar a fome e diminuir o gasto energético.

Algumas condições podem alterar a nossa flora intestinal como genética, via de parto, uso indiscriminado de antibióticos na primeira infância. Sobre estes fatores, porém, não podemos ter influência. Mas com algumas mudanças na alimentação podemos agir de forma positiva em nossa flora intestinal.

Os alimentos processados parecem exercer influência negativa devido ao importante conteúdo de carboidratos simples, gorduras saturadas e trans e soluções ricas em frutose, edulcorantes e emulsificantes.

Para influenciarmos positivamente nossa flora intestinal devemos:
– Consumir alimentos ricos em fibras (como os integrais, frutas, etc)
– Consumir vegetais em quantidade considerável
– Evitar uso indiscriminado e desnecessário de antibióticos
– Diminuir calorias de uma forma geral

Uma ação, vários benefícios.

Comentários encerrados.